11 de jan de 2007

Xingar não pode mais. Só elogiar.

Barrichello vence ação judicial contra Orkut

SÃO PAULO – A Justiça determinou que os administradores do Orkut retirem do ar comunidades que criticam o piloto Rubens Barrichello.

A decisão foi anunciada esta semana, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, e acata pedido dos advogados de Rubinho. Os representantes do piloto alegam que no Orkut diversas pessoas se fazem passar por Rubens recebendo e publicando ofensas e que diversas comunidades “abrigam ofensas à integridade moral“ de Barrichello.

As comunidades citadas no processo fazem referência à suposta má sorte do piloto e ironizam os resultados de Rubinho na Fórmula 1.
...
Desde a tarde de quarta-feira (10), no entanto, as comunidades que criticam Barichello não eram mais encontradas no Orkut.

Bem, este é um caso diferente do da Cicarelli.
Realmente, se a gente for parar pra pensar, não cola muito essa conversa de que "nossos usuários fazem o que quiserem no orkut e só quem pode responder por isso é a Google nos U.S.A.".

Digo diferente da Cicarelli, porque neste caso, o Rubinho não tem culpa de não ganhar. E se ele não ganha, ele tem esse direito também ué. Por que não?
E não precisa ficar lembrando isso o tempo todo pro cara, né...

Já no caso da Cicarelli, "intimidades" devem ser feitas em lugares íntimos, digo, locais íntimos. A praia não era dela nem do namorado. Não se faz isso assim... pra todo mundo ver. E já que fizeram, agüentem as consequências.

Mas parece que a sensação que existia antes de que a Justiça não poderia proibir nada na Internet, já está passando...

via INFO Online

Nenhum comentário: